Saúde Saúde da Mulher

Indicação de Sugestão ao Executivo 79/2017 Disponibilizar na rede pública municipal o contraceptivo Implanon.

EMENDA

Disponibilizar na rede pública municipal o IMPLANON, um bastonete bastante pequeno inserido sob a pele do braço da mulher para atuar como contraceptivo. Ele é invisível e evita a gravidez por até três anos.

Sugerimos ao Executivo Municipal disponibilizar na rede pública o
IMPLANON pequeno bastonete que se introduz debaixo da pele,
através de procedimento ambulatorial efetuado com anestesia local,
para atuar como contraceptivo.

Justificativa

Apresento a sugestão ao Executivo Municipal para disponibilizar na Rede
Pública Municpal de Saúde o IMPLANON contraceptivo de baixo custo, por
ser um método de facil colocação na forma de bastonete que se insere debaixo da pele do braço e proporciona protecção de uma gravidez não desejada, durante 3 anos. O implante consiste num bastonete não biodegradável com 40 mm de comprimento por 2 mm de diâmetro. Após a inserção, procedimento simples, o implante liberta gradualmente etonogestrel, uma hormonio progesterona. O etonogestrel é o metabolito activo do desogestrel, substâncias presentes em muitas das pílulas modernas. O contraceptivo IMPLANON certamente dispertará mais interesse na procura por ser um método de facil colocação.
O IMPLANON é um método contracetivo hormonal sem estrogénios está indicado durante a amamentação e fora deste período também.
Além de ser um método extremamente eficaz, a mulher fica mais livre, não precisando mais lembrar a hora de tomar sua pílula. Uma vez inserido, Implanon protege contra gravidez durante 3 anos.
Com Implanon, a menstruação tende a diminuir, sendo que, em
40% das usuárias foi observada a amenorréia (ausência de menstruação). A TPM tende a apresentar uma importante redução. Diante do presente segue a sugestão para analise e apreço. Método de indicação pela OMS ­ Organização Mundial de Saúde para adolescentes e dependentes de drogas e afins.

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia sugere medida para evitar gravidez indesejada de adolescentes e usuárias de drogas
Maria Leticia discute projeto de Planejamento Familiar no Programa Mãe Curitibana
Maria Leticia visita Ambulatório do DIU Maternidade Bairro Novo