Segurança

Sugere ao Executivo 25/2018 Novas contratações da Guarda Municipal em Regiões de maior vulnerabilidade.

EMENDA

Encaminhe-se ao Executivo Municipal a seguinte sugestão: Priorizar as novas contratações da Guarda Municipal para garantir a segurança nas escolas municipais em Regiões de maior vulnerabilidade.

Sugerimos ao Executivo Municipal que disponibilize os guardas municipais
recém contratados, para que façam a segurança nas escola municipais das
Regiões de maior vulnerabilidade e índice de violência e vandalismo.

Justificativa

Conforme informações da Secretaria Municipal de Educação, divulgados no Jornal Gazeta do Povo de 20.09.2017, somente de Janeiro à agosto do ano passado (2017), houve registro de 505 furtos nas escolas municipais de Curitiba. Esse número representa um aumento de 39,5% em comparação com as ocorrências de 2016, quando foram computados 362 casos no mesmo período. A incidência de vandalismo também cresceu, de 100 para 137. E, desse total, a Guarda Municipal fez apenas 26 apreensões.
Entre os bairros que registraram ocorrências de assaltos encontram-se Barreirinha, Cajuru e Santa Cândida. A empresa de Segurança G5 contratada pela prefeitura desde 2013, para fazer a segurança das
escolas, opera somente através de sistemas de alarme monitorado, e a guarda municipal só é comunicada após o atendimento desta empresa, portanto, somente após já ter ocorrido os prejuízos. Ainda, segundo a reportagem as escolas mais atingidas por furto/Vandalismo até agosto de 2017 foram:
Escola Municipal Júlia Amaral Di Lenna – 15 (ocorrências)
CMEI Pré Escola Vila Verde – 13
Escola Municipal Irati – 11
Escola Municipal Otto Bracarense Costa – 10
Escola Municipal CAIC Cândido Portinari – 10
CMEI Arnaldo Agenor Bertone – 9
UEI Tanira Regina Schmidt – 9
Escola Municipal Leonel de Moura Brizola – 8
CMEI Arnaldo Carnasciali – 7
EM Santa Águeda – 7
CMEI Jardim Aliança – 7
EM Lapa – 7
CMEI Trindade – 7
EM Dario P. Castro Vellozzo – 7
Evolução da violência
2016 – 462 casos – 362 furtos – 100 atos de vandalismo
2017 – 642 casos – 505 furtos – 137 atos de vandalismo

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia solicita reforço da Guarda no Cemitério Municipal de Curitiba
Vereadora Maria Letícia discute segurança da mulher no transporte público
Maria Leticia se reúne na Setran para diminuir acidentes no Bairro Alto