Compostagem na gestão de resíduos sólidos: agora é lei em Curitiba

A nova lei ambiental de Curitiba é uma construção importante e coletiva, fruto de muito diálogo com a sociedade civil e especialistas em uma audiência pública promovida pelo Mandato na Câmara Municipal. Entre as muitas conquistas, um dos destaques é a parceria com o Coletivo Lixo Zero, que trouxe para a audiência questões relacionadas ao manejo de resíduos sólidos e a inclusão da compostagem no novo texto da lei. 

A princípio, parecia desafiador pensar em incluir a compostagem na reformulação da lei que dispõe sobre a política de proteção, conservação e recuperação do meio ambiente em Curitiba. Mas conseguimos e com uma aprovação absoluta, inclusive da emenda que incluiu o artigo nº 63-A, sobre o manejo de resíduos sólidos e a implantação da compostagem. Prova de que diálogo e boas parcerias são a chave para promover importantes mudanças na cidade. 

Notícias relacionadas

Nova Lei Ambiental de Curitiba completa 1 ano
Como conseguimos reformular a política ambiental de Curitiba com participação popular
Maria Leticia indica projeto que institui a Semana da Compostagem em Curitiba