EM ENTREVISTA NA TV TRANSAMÉRICA, MARIA LETÍCIA REAFIRMA COMPROMISSO COM AS MULHERES

Na noite desta segunda-feira (29), em entrevista ao programa Verdade e Expressão, apresentado pelo advogado Rafael Guazelli, na TV Transamérica, a vereadora Maria Letícia reafirmou seu compromisso com as causas ligadas às questões de gênero e  voltou a criticar a gestão do prefeito Rafael Greca em relação às políticas para mulher.

“É absurdo que a atual gestão acabou com a Secretaria da Mulher e nós ficamos sem um órgão para fazer políticas públicas para as mulheres”, afirmou. “Na contramão da prefeitura, nos últimos dias, protocolei três projetos de lei relacionados ao combate de violência contra a mulher, porque não podemos deixar de pensar no enfrentamento ao machismo”, completou.

Dentre os projetos citados pela vereadora, o mais comentado foi o que prevê afastamento remunerado, por seis meses, para servidoras que sofreram violência doméstica – “como uma forma de combate ao feminicídio, já que o agressor conhece os hábitos do dia a dia da vitima”, afirmou Maria Letícia.

Também foi protocolado um projeto que prevê a obrigatoriedade de auxílio por parte de bares, restaurantes e casas noturnas, às mulheres que se sentirem ameaçadas nos estabelecimentos. Além disso, a vereadora protocolou um projeto que promete causar polêmicas e debates se for ao plenário, pois prevê multa para quem assediar mulheres em vias públicas.

TERCEIRIZAÇÃO DA SAÚDE

Outro assunto em pauta, foi a terceirização da saúde pública de Curitiba. “É absurdo fazer economia em saude”, afirmou a vereadora. “Enquanto as filas nos postos aumenta, o prefeito só pensa em asfalto”, disse.

Maria Leticia também criticou a terceirização da UPA CIC e a possibilidade de expansão do modelo de administração em mais três UPAs. “Há denúncias de corrupção”, disse Maria Leticia se referindo à administração por Organizações Sociais em outros municípios.

 

Notícias relacionadas

Entrevista TV Transamérica – Programa Verdade e Expressão
Maria Letícia relata em sessão plenária a importância da criação da Procuradoria da Mulher em Curitiba
Vereadora Maria Leticia Fagundes – Ciclo de palestras marca Dia Internacional de Não Violência contra Mulher