Inadmissível: prefeito faz “tratoraço” com direitos dos servidores

Tags:

Cidades para Mulheres

É com truculência que o prefeito Rafael Greca aprova seus projetos que prejudicam a carreira do servidor!

Hoje, a Guarda Municipal e a Polícia Militar fecharam as portas e portões da Câmara Municipal – que deveria ser a casa do povo – para que os vereadores votassem medidas que mantém o achatamento salarial do funcionalismo,
suspende por mais dois anos os planos de carreiras,
impõe novas (e absurdas) regras na relação do município e dos sindicatos e extingue dois mil cargos!

O prefeito não trata com humanidade as relações sociais.
Na semana passada, em reunião no SISMMAC, decidimos entrar com um mandado de segurança contra este regime de urgência que a prefeitura nos impôs e que a base de vereadores aliados do prefeito, assistiu e aplaudiu com normalidade. Isto é um absurdo!

É vergonhoso não querer debater e discutir algo que vai congelar a carreira de milhares de profissionais e impactar na vida orçamentária de tantas famílias. É triste ver que a maioria dos vereadores concordam que um trator passe por nós e cause esta devastação.

NENHUM vereador da base se manifestou em plenário, mesmo quando questionados pelo seu silêncio. Disse lá e repito: Vocês estão trocando os servidores por asfalto.

Notícias relacionadas

Inadmissível: prefeito faz “tratoraço” com direitos dos servidores
Vereadora Maria Leticia participa de Aula Magna de História e Urbanismo de Curitiba
Maria Leticia vota contra a flexibilização da contratação por PSS