Inadmissível: prefeito faz “tratoraço” com direitos dos servidores

É com truculência que o prefeito Rafael Greca aprova seus projetos que prejudicam a carreira do servidor!

Hoje, a Guarda Municipal e a Polícia Militar fecharam as portas e portões da Câmara Municipal – que deveria ser a casa do povo – para que os vereadores votassem medidas que mantém o achatamento salarial do funcionalismo,
suspende por mais dois anos os planos de carreiras, impõe novas (e absurdas) regras na relação do município e dos sindicatos e extingue dois mil cargos!

O prefeito não trata com humanidade as relações sociais.

Na semana passada, em reunião no Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (SISMMAC), decidimos entrar com um mandado de segurança contra este regime de urgência que a prefeitura nos impôs e que a base de vereadores aliados do prefeito, assistiu e aplaudiu com normalidade. Isto é um absurdo!

É vergonhoso não querer debater e discutir algo que vai congelar a carreira de milhares de profissionais e impactar na vida orçamentária de tantas famílias. É triste ver que a maioria dos vereadores concordam que um trator passe por nós e cause esta devastação.

NENHUM vereador da base se manifestou em plenário, mesmo quando questionados pelo seu silêncio. Disse lá e repito: Vocês estão trocando os servidores por asfalto.

Notícias relacionadas

Maria Letícia vota contrário a flexibização de contratação por PSS
Maria Leticia vota contra a flexibilização da contratação por PSS
Vereadora Maria Leticia participa de Aula Magna de História e Urbanismo de Curitiba