Mais proteção para as áreas ambientais: essa conquista é nossa

Foi aprovado com 32 votos favoráveis, a Emenda Aditiva nº 005.00108.2021 ao Projeto de Lei 15.744 que dispõe sobre o Sistema Municipal de Unidades de Conservação de Curitiba e estabelece critérios e procedimentos para implantação e gestão das unidades de conservação na cidade. 

Agora, as chamadas RPPNM (Reserva Particular do Patrimônio Natural Municipal) têm garantida a preservação integral dos recursos naturais, depois de ser aprovado em plenário um projeto do Prefeito que entendeu nosso pedido sobre a regulamentação das RPPNM, áreas de propriedade privada, como unidades de proteção integral. 

Como presidente da Comissão de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Assuntos Metropolitanos da CMC, Maria Leticia (PV), acredita que a prefeitura está reparando um equívoco de 2020. Na época, quando a legislação foi revisada, as RPPNMs seriam tanto para a proteção integral quanto para o desenvolvimento sustentável. 

Curitiba conta, até agora, com 34 RPPNMs e o decreto estadual garante a proteção integral dessas áreas. Seguimos lutando pela defesa do meio ambiente, aprimorando nossa legislação para que se garanta a máxima preservação dos recursos naturais nas reservas particulares.

Notícias relacionadas

Maria Leticia indica projeto que institui a Semana da Compostagem em Curitiba
Projeto de Lei que combate à pobreza menstrual é aprovado em Curitiba
Compostagem na gestão de resíduos sólidos: agora é lei em Curitiba