Maria Letícia: “A camisinha feminina traz independência para a mulher”

A vereadora Maria Letícia, presidente da Comissão de Saúde na Câmara Municipal, destacou nesta quarta-feira (1), a importância das mulheres buscarem camisinhas femininas nas Unidades Básicas de Saúde onde é distribuído gratuitamente o ano todo.

"A camisinha feminina traz independência para a mulher. O tempo em que a sua proteção ficava apenas nas mãos dos homens acabou. Hoje a mulher tem poder total sobre seu corpo e do destino dele em relação às consequências de uma relação sexual, gravidez e DSTs. Em Curitiba temos 111 Unidades de saúde presentes em 75 bairros que disponibilizam as camisinhas de graça”, informa Maria Leticia. “A pílula anticoncepcional deu à mulher a liberdade”, reforça.

Proteção

A camisinha feminina é feita de borracha nitrílica, mantém a mesma proteção e segurança e é ainda mais resistente que a camisinha masculina. “Tem 15 centímetros de comprimento e oito de diâmetro. Possui dois anéis, um em cada extremidade. O primeiro, na extremidade fechada, garante a fixação da camisinha no colo do útero e o segundo deve ficar para fora, o que garantirá que ela não saia do lugar hora do ato sexual. Ela também possui maior lubrificação do que a camisinha masculina”.

Cadastro nas UBS

A presidente da Comissão de Saúde destacou ainda a importância dos moradores dos bairros se cadastrarem nas unidades de saúde de Curitiba e região. “É muito importante que todo o cidadão curitibano se cadastre na unidade de saúde próximo da sua casa. Isso para todos, mesmo aqueles que já tenham planos ou convênios privados”, ressalta.

Maria Letícia é médica do Instituto Médico Legal do Paraná e explica a importância do cadastro para saúde de toda a comunidade. “Por exemplo, uma epidemiologia pode ser mais facilmente controlada se todos procurassem as unidades – as pessoas adoecem e não procuram a unidade. Se elas adoecem, a região pode estar adoecida! O cadastro nas UBS é fundamental para toda a cidade, de cada indivíduo, de cada região”, reforça.

Tratamentos

Os tratamentos especializados e atividades de prevenção de doenças também são oferecidos nas UBS. “A unidade de saúde oferece além de tratamento médico, outras atividades que atendem necessidades da população como prevenção de doenças com grupos de hipertensos, diabetes, tabagismo.

A UBS centraliza também núcleos de apoio à saúde da família que atendem as pessoas com atividades físicas para o cidadão. Ou seja, se eu tenho a saúde bem tratada eu não tenho só o tratamento da doença eu também tenho a prevenção dela por meio da orientação e da atividade física”, aponta.

Vacinas

A vereadora atenta também para a importância da vacinação e a facilidade que as UBS oferecem para quem necessita colocar em dia as vacinas. “Temos as vacinas sazonais, como a vacina da gripe, e as vacinas regulares que as pessoas podem procurar gratuitamente o ano todo”.

“A odontologia também funciona super bem as agendas são fáceis de fazer por meio do cartão “Saúde Já” – um aplicativo feito por telefone celular. O atendimento é muito facilitado, e quando se trata de alta complexidade existe também um centro especializado em endodontia para tratamento de canal. A saúde bucal em Curitiba tem um atendimento de primeiro mundo. Além disso, através da utilização dos cartões é possível gerar dados confiáveis e atualizados que permitam planejamento das políticas públicas de saúde”, completa.

 

Notícias relacionadas

Maria Leticia recebe apoio em campanha de preservativo feminino
Preservativo feminino tem que pegar!
Maria Leticia conversa sobre saúde da mulher na Casa da Mulher Brasileira