Maria Leticia fala sobre IML no Jornal do Ônibus

Todos nós estamos indignados! Frequentemente faço o alerta sobre o baixo número de funcionários do Instituto Médico Legal do Paraná (IML-PR). Para ser mais direta digo que os médicos legistas “estão em extinção”. O assunto tomou proporção e comoção coletiva causada pela demora de 14 horas no recolhimento do corpo de um jovem assassinado em via pública, na Região Metropolitana de Curitiba.

Observo a falta de recursos, que prejudica o trabalho dos esforçados funcionários e consequentemente de toda população. Sobre isso, publiquei um vídeo, no qual explico o por quê dessa crise no IML-PR.

Notícias relacionadas

Teatro Reviver Magó recebe evento “Queremos todas vivas”
Maria Leticia é contrária a aprovação do projeto que retira a obrigatoriedade de atestado médico para prática de exercícios em academias
Maria Leticia explica demora do IML no recolhimento de corpos