Maria Leticia participa de inauguração a nova sede do IML-PR

A médica legista e vereadora, Maria Leticia Fagundes, participou da inauguração do novo prédio do Instituto Médico Legal de Curitiba, na manhã desta quinta-feira (15). ”Uma luta antiga. Por diversas vezes denunciei o sucateamento estrutural e hoje temos a sede mais moderna da América Latina”, disse a médica responsável pelo atendimento de vítimas de crimes sexuais no IML – PR. Durante a solenidade, Maria Leticia foi citada por diversas autoridades e fez questão de registrar o momento com as funcionárias do IML.

Ela acompanhou todo trâmite para execução da obra, especialmente nas duas vezes em que foi eleita presidente da Associação dos Médicos Legistas do Paraná. Há nove meses conheceu o espaço, ainda em fase final de construção, a  convite do diretor geral, Carlos Alberto Peixoto Baptista. São 6 mil metros de construção, o que representa três vezes o tamanho do prédio atual; e contempla espaço para estudantes com auditório para 250 pessoas e sala de aula para 60 alunos.

 “Uma mudança necessária, fico muito contente e no âmbito do legislativo também me coloquei à disposição”, destacou Maria Leticia, autora do requerimento de asfalto para via da sede (044.05507.2017) , rua Paulo Turkiewicz, no bairro Tarumã, único acesso ao novo prédio do IML e da Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (Afece). A rua do Tarumã foi recuperada a partir da Rua Konrad Adenauer com investimento de R$ 400 mil.

 IML-PR

A obra do Governo do Estado foi realizada com investimento de R$ 35,7 milhões – R$ 25,7 milhões na estrutura física, que tem 6,5 mil metros quadrados, e mais R$ 10 milhões em equipamentos. “Está entre os mais modernos do mundo, com estrutura adequada para o atendimento humanizado”, afirmou Richa.

Localizada no bairro Tarumã, o prédio abriga laboratórios forenses, consultórios humanizados para reconhecimento de corpos e também a administração superior da Polícia Científica do Paraná. A unidade homenageia Victor Ferreira do Amaral, primeiro médico legista nomeado pelo Estado e um dos fundadores da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Desde 2011, além da nova sede de Curitiba, o Governo do Estado investiu em novas unidades em Maringá, Londrina e Paranaguá e fez uma reforma completa no IML de Umuarama. Nos últimos anos, também foram investidos cerca de R$ 5 milhões no Banco de Perfis Genéticos de Criminosos do Paraná, uma base de dados de DNA pioneira no país.

MAIS AGILIDADE – O governador Beto Richa destacou que o novo espaço do IML de Curitiba dará mais condições de trabalho aos profissionais da Polícia Científica. “Estrutura moderna e adequada e profissionais qualificados garantem mais agilidade e eficiência ao atendimento, às perícias e liberação dos corpos”, disse Richa, lembrando que autorizou a contratação de mais 28 peritos.

ANTIGA DEMANDA – De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Júlio Reis, o espaço foi planejado e construído para garantir melhor atendimento e mais conforto aos cidadãos. Além disso, segundo ele, a nova sede atende uma antiga demanda da Secretaria da Segurança. O prédio antigo, no centro de Curitiba, continuará abrigando o Instituto de Criminalística.

LABORATÓRIOS E CÂMARAS – Dividido em três andares, o complexo conta com laboratórios de biologia, DNA, patologia, antropologia, toxicologia, salas de observatório, necropsia e áreas administrativas.

No novo espaço foi possível ampliar o número de câmaras frias, de 69 para 128, instalar o Museu de Ciências Forenses e construir um auditório com capacidade para 120 pessoas. O estacionamento também tem mais vagas do que a unidade do centro.

Em comparação à estrutura antiga, todos os laboratórios contam com um espaço físico ampliado, possibilitando a instalação de novos equipamentos. É o caso do laboratório de DNA, que começará a utilizar um novo robô para análises, e da seção de química que operará um novo equipamento de infravermelho.

PRESENÇAS- Também acompanharam a inauguração a Secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; o secretário estadual de Cerimonial e Relações internacionais Ezequias Moreira; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Maurício Tortato; o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Fábio Mariano de Oliveira; o diretor do Detran, Marcos Traad; a conselheira do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Maria Tereza Uille Gomes; o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Renato Braga Bettega; o presidente do BRDE, Orlando Pessuti; o presidente da OAB-PR, José Augusto de Noronha; o superintendente da Polícia Federal, Maurício Leite Valeixo; o presidente da Associação dos Médicos Legistas do Paraná, Paulino Pastre; os deputados estaduais Rubens Recalcati e Mauro Moraes e os delegados da Polícia Federal Rosalvo Ferreira Franco e José Luiz Santos.

Texto: Assessoria vereadora Maria Leticia e Agência de Noticias do Paraná 

Fotos IML: Arnaldo Alves/ ANPr

Galeria

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia visita nova sede do IML-PR em Curitiba
Maria Leticia participa de Fórum de Perícias Médicas Trabalhistas
O novo IML de Curitiba