Maria Leticia participa de roda de conversa sobre violência obstétrica

A 2ª Edição da Roda de Conversa sobre violência obstétrica de Curitiba, promovida pela Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras (ABENFO), regional Paraná, aconteceu na noite desta terça-feira (14).

A vereadora Maria Leticia Fagundes, que é médica ginecologista e exerceu a obstetrícia por muitos anos, destacou que a atribuição da enfermeira obstétrica, a qual precisa de reconhecimento. Ela destacou ainda que a sensibilidade ao tema precisa ser despertada dentro dos hospitais e sugeriu “aproximação dos estudantes e residentes da especialidade, levando a roda de conversa para os hospitais”.

Ela ainda salientou a necessidade da implantação de critérios de boas práticas nos hospitais para evitar a violência obstétrica, assegurando os direitos das gestantes.

Representantes do Núcleo de Promoção da Igualdade de Gênero do Ministério Público do Paraná (NUPIGE), Ana Carolina Pinto Franceschi Cláudia e Cristina Hoffmann apresentaram algumas situações que chegam ao MP , assim como procedimentos e o contexto atual.

Na ocasião também foi apresentada legislação estadual referente ao tema, (PL 160/2018 – aguarda sanção), além de relatos de violência obstétrica e esclarecimento de dúvidas.

Galeria

Notícias relacionadas

Maria Letícia participa da Roda de Conversa Sobre violência Obstétrica com a Defensoria Pública do Paraná
Maria Leticia sugere Ouvidoria de Violência Obstétrica em Curitiba
Vereadora Maria Leticia aborda violência familiar em palestra na Fundação Sanepar