Maria Leticia participa do Mutirão da Cidadania da Regional Fazendinha

A vereadora Maria Leticia Fagundes foi conferir pessoalmente o Mutirão da Cidadania no bairro Fazendinha, nesta sexta-feira (23). Ela dedicou atenção especial ao espaço do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná – Hemepar, junto com alguns integrantes da Comissão de Jovens Empresários. Recentemente eles estiveram na sede do Hemepar e foram convidados a conhecer  como é o procedimento para doação de medula óssea para adequação de um projeto social.

A responsável pelo espaço do Hemepar, Nádia Tadra, atendeu os jovens e explicou a importância do cadastro de doadores de medula óssea e que o ato pode salvar pessoas. Camila Rangel, Caio Cantú, Luiz Gustavo Nery, Tiago Dallagrana e Thiago Juliani acompanharam a explanação da profisisonal e devem seguir com o projeto, que inicialmente é ampliar os cadastros de doadores de medula óssea em empresas. 
 Maria Leticia também encontrou a secretária municipal de Saúde, Marcia Huçulak e a superintendente Beatriz Nadas. 

Mutirão da Cidadania

A população dos bairros Água Verde, Portão, Vila Izabel, Santa Quitéria, Guaíra, Parolin, Seminário e Fazendinha vão poder contar com vários serviços gratuitos. A ação faz parte da programação do aniversário de 325 anos de Curitiba. Esta é a oitava edição do evento promovido em parceria pela Prefeitura e pelo Governo do Estado. Serão ofertados à população dezenas de serviços gratuitos.

Aproximadamente 245 mil pessoas vivem na região que compõe a Regional Fazendinha/Portão. Os serviços também são abertos a todos os curitibanos e também aos moradores da região metropolitana.

Nos seis mutirões anteriores, que aconteceram no Bairro Novo, Cajuru, CIC, Tatuquara, Boqueirão, Santa Felicidade e Boa Vista foram registrados 297.478 atendimentos à população.

Serviços à população
Durante os três dias do Mutirão da Cidadania serão ofertados encaminhamentos para vagas de emprego, cadastramento de estudantes para a rede pública de ensino, realização de cadastro único em programas sociais, entre outros serviços. Também serão realizados atendimentos na área da saúde com testes rápidos de sífilis, HIV e hepatites B e C.

O Instituto de Identificação também vai estar presente no evento. A capacidade de atendimento para a emissão da carteira de identidade é normalmente de 400 pessoas. No evento esse número dobra. O serviço vai funcionar com horário estendido, com a distribuição de 400 senhas na quinta e na sexta e 300 no sábado.

Os moradores também vão contar com outros serviços, que incluem atendimento de pessoas com deficiência e reabilitados do INSS no Sine Móvel e atendimento de mulheres no Ônibus Lilás. Além disso, haverá orientação sobre regularização de contratos, repactuação de dívidas, inscrição e atualização para a fila da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab).
 
Serviços
Local: Rua Carlos Klemtz, 1700, Fazendinha (ao lado do Terminal Fazendinha)

Texto: Assessoria Maria Leticia Fagundes com Agência de Notícias Prefeitura de Curitiba
 

Galeria

Notícias relacionadas

Maria Leticia leva projeto social à direção do Hemepar
Projeto de Maria Leticia é destaque no Jornal Metro
Maria Leticia conhece projeto inédito para coleta de doação de sangue