Maria Leticia prestigia homenagem ao dr René Ariel Dotti

A vereadora Maria Leticia Fagundes participou, na tarde de terça-feira (09)da homenagem ao advogado, professor e jurista René Ariel Dotti. Ele foi agraciado com o troféu “Guerreiro do Paraná”. Instituída em 2001, a homenagem do Movimento Pró-Paraná é concedida àqueles que se destacaram na luta em prol da sociedade paranaense. A outorga do troféu integra as comemorações dos 165 anos da criação da Província do Paraná. A cerimônia foi realizada na sede da Associação Comercial do Paraná.

“É uma honra incorporar à nossa galeria o professor René Dotti. Lá estão os paranaenses que se projetaram em suas áreas profissionais com talento, determinação e a contribuição efetiva que permanecem como exemplo para as próximas gerações”, destacou o presidente do Movimento Pró-Paraná, Marcos Domakoski, anfitrião do evento.

Ao fazer uso da palavra, o presidente da OAB Paraná, José Augusto Araújo de Noronha, enalteceu o exemplo de advogado e de ser humano que René Dotti representa. “Trata-se de um ícone da advocacia e da cultura paranaense. Um advogado ético, corajoso, referência para todos nós”, disse.

Noronha lembrou que, desde a juventude, Dotti demonstrava dotes de extrema sensibilidade, tendo se dedicado ao teatro e à literatura. “Seus escritos ficcionais integraram a coletânea “Contos de Repente”, editado ainda no início da década de 1960. Sua carreira como advogado está intimamente ligada à carreira brilhante que construiu como professor universitário e a de autor de obras fundamentais do universo jurídico nacional”, destacou.

“Na Faculdade de Direito da UFPR, René Dotti galgou todos os degraus da escala docente, até chegar a professor titular e professor da pós-graduação da nossa Universidade pioneira. Sua obra Proteção da Vida Privada e Liberdade de Informação é um marco aos direitos individuais no Brasil. Classificada em 1º lugar no 1º Concurso Nacional de Letras Jurídicas, devemos lembrar que ela foi escrita e publicada ainda sob o tacão deletério do Ato Institucional nº 5, em 1978”, frisou.

“A propósito, o advogado René Dotti tem um histórico inesquecível de causas defendidas em nome da liberdade de expressão. Inúmeros jornalistas se socorreram de sua sapiência jurídica e sua disposição em defender então chamados crimes de opinião”, completou Noronha.

Paraná, 165 anos

Após agradecer, emocionado, à homenagem recebida, o professor René Dotti ministrou a palestra “Paraná, 165 anos”. Após um breve retrospecto histórico do Paraná, partindo da criação da Província do Paraná, em 29 de agosto de 1853, o jurista defendeu um projeto educacional que inclua em seu programa de atividades e realizações a participação efetiva do ensino sobre a história do Paraná. “Esta ação é do maior relevo humano e social, porque resgata fatos e figuras que demonstram os valores da civilização e da cultura paranaense”, afirmou.

Dotti pontuou que a história “não constitui um armazém de precedentes”, mas o contrário: “o seu dinamismo, como ciência, caracteriza-se pela reconstituição do passado, de modo que as ocorrências que produziram possam ser conhecidas e, como tais, se mantenham necessárias e úteis para gerações do presente e do futuro”, disse.

“A indiferença e a inércia de políticos e demais cidadãos responsáveis pelo aprimoramento dos programas de educação moral e cívica das crianças e adolescentes justificará a sentença do filósofo e político irlandês Edmund Burke: um povo que não conhece a sua história é obrigado a repeti-la. Tenho dito”, afirmou.

Texto OAB-PR

Galeria

Notícias relacionadas

Maria Leticia participa de evento sobre voto e democracia na OAB -PR
Vereadora Maria Leticia Fagundes – Educação contra o estupro
Maria Letícia indica a Médica Patologista Dra Mara Segalla para receber o título de cidadã honorária de Curitiba