Maria Leticia propõe prioridade na contratação das OS

Durante a sessão plenária desta segunda-feira (5), na Câmara de Curitiba, foram aprovadas seis indicações de sugestão ao Executivo. Uma delas, da vereadora Maria Leticia Fagundes (PV), pede que se inclua o parágrafo quinto ao artigo 7º da lei municipal 9226/1997, que dispõe sobre as entidades qualificadas como Organizações Sociais (OSs), além de criar o programa municipal de publicização (201.00012.2018).

Maria Leticia lembrou que, em abril, começa a administração da UPA CIC por meio de organização social. “Evidentemente a gente acha que, até o final da gestão, todas as demais UPAs estarão migrando para o sistema de Organizações Sociais”, disse ela. A vereadora destacou que as UPAs são administradas pela Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes). “Pedimos pela manutenção de uma parte dos funcionários da Feaes, até porque a população já está acostumada com esses profissionais. A gente pode até pensar em equipe mista”, sugeriu.

Texto: João Cândido Martins

Revisão: Claudia Krüger

Foto: Chico Camargo/CMC

 

Notícias relacionadas

Maria Leticia debate em plenário da Câmara situação caótica no atendimento pediátrico nas UPAs de Curitiba
Curitiba pode instaurar CPI para investigar contratos da Secretaria da Saúde
Maria Leticia pede arquivamento do processo contra Renato Freitas