Maria Leticia questiona prazo para reabertura da UPA Pinheirinho

A dúvida sobre a reabertura da UPA Pinheirinho motivou a vereadora Maria Leticia Fagundes a questionar oficialmente a Prefeitura de Curitiba, que havia prometido a entrega da reforma para dezembro 2018 e posteriormente ampliou o prazo para fevereiro 2019. (062.00007.2019) No requerimento, a parlamentar solicita informações sobre a situação das obras, a data prevista para finalização e para reabertura da UPA Pinheirinho.

A mudança na finalidade de atendimentos do local, que foi contestada pela vereadora e moradores da região no ano passado, também foi questionada por Maria Leticia. “Haverá mudança da finalidade do equipamento ou será reaberta como UPA?”, pergunta a parlamentar no documento, em razão da possibilidade do local ser utilizado para o funcionamento de uma unidade de serviços de emergência psiquiátrica – ideia que teria sido engavetada.

Ao finalizar o documento, Maria Leticia pede esclarecimentos em relação ao impacto do fechamento da UPA Pinheirinho sobre as demais UPAs próximas: CIC, Sítio Cercado, Tatuquara. Ela ainda solicita detalhamento desse impacto em números de atendimentos diários referentes a todas as categorias englobadas pelo sistema de triagem (Protocolo de Manchester).

Desde que foi cogitado o fechamento e a mudança da finalidade do local, Maria Leticia se manifestou no plenário da Câmara Municipal de Curitiba e pessoalmente na UPA Pinheirinho, oportunidade em que conversou com os servidores e população sobre o transtorno que o fechamento causaria.

Na ocasião ela ouviu do prefeito Rafael Greca que o não fechamento da UPA Pinheirinho poderia acarretar falta de leitos de psiquiatria em Curitiba, mas Maria Leticia reforçou seu posicionamento diante da comunidade sobre a importância dos atendimentos da UPA. (Vídeos nos links)

No plenário da Câmara Municipal de Curitibaela destacou ainda que "A UPA Pinheirinho é estratégica, pequena, mas com enorme demanda de atendimentos que já acontecem há 20 anos, além do estreito relacionamento com a comunidade. Essa unidade é importantíssima. Não adianta a mudança de perfil e fazer a desassistência médica para todo bairro", destacou.

Foto: Aniele Nascimento Gazeta do Povo

Galeria

Notícias relacionadas

Maria Leticia questiona serviços de saúde _ UPA CIC e Pinheirinho
Jornal Metro cita Maria Leticia sobre não fechamento de UPA Pinheirinho
Vereadora Maria Leticia promove debate sobre segurança nas UPAs