Maria Leticia recebe livro que conta história de Ada Lovelace

A Vereadora Maria Leticia recebeu na tarde desta quinta-feira, 31, em seu gabinete, a professora do Departamento Acadêmico de Informática da UTFPR Silvia Amélia Bim e a designer e ilustradora Kiara Cabral. Elas apresentaram e presentearam a vereadora com um exemplar do seu livro “A vida de Ada Lovelace”, um projeto que busca contar brevemente a história de Augusta Ada Gordon.
 
Ada, como é conhecida, foi a primeira pessoa a escrever um algoritmo, em meados de 1843, aproximadamente 100 anos antes do surgimento do primeiro computador. O feito é pouco conhecido e divulgado no mundo da computação, predominantemente dominado pelos homens, o que motivou as autoras a traduzir a história em um livro infantil.
 
“A ideia de trazer esta história no formato de um livro infantil é importantíssima para que meninas conheçam mulheres que fizeram a diferença e se sintam inspiradas e motivadas por estas histórias”, destacou Maria Leticia.
 
O projeto é uma ramificação do Programa Meninas Digitais, criado em 2011 sob a coordenação da Secretaria Regional da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e que tem como objetivo despertar o interesse de meninas estudantes, para que sintam-se motivadas em seguir uma carreira em Computação.
 
Segundo Silvia, o livro aborda também outras temáticas como a educação dos pais, a infância solitária, a ausência do Pai, a maternidade, entre outros, o que torna a história envolvente seja qual for a idade de quem está lendo. “Não é raro crianças, adultos e idosos nos procurarem ao se identificarem com diversos fatos narrados”.
 
Kiara Cabral
 
Graduada em design gráfico pela PUCPR (2014) e pós-graduada em Narrativas Visuais pela UTFPR (2018). Desde cedo aprendeu sobre as mulheres destemidas e amorosas, decidiu contar, por meio de ilustrações, histórias dessas relações de conexão. Está disposta a chegar perto do que é intimo a cada ser humano sendo facilitadora para que cada um consiga descobrir e aflorar sua própria força assim como Ada.
 
Silvia Amélia Bim
 
Ganhou o seu primeiro computador em 1995 quando iniciou a graduação em Ciência da Computação (UEM). Mestre em Ciência da Computação (UNICAMP/2001) e doutora (PUC-Rio/2009) em Ciências – Informática só conheceu a história de Ana Lovelace a partir do envolvimento com o programa Meninas Digitais e do Projeto Emili@s – Armação em Bits (2013) da UTFPR. Ela gosta tanto da história de vida de Ada Lovelace que acredita que é necessário divulgá-la para todo o mundo. Este é o seu primeiro livro infantil.
 
Texto: Gabriel Hubner
 
 

Notícias relacionadas

Maria Letícia é homenageada em lançamento do livro “Vire a Página”
Vereadora Maria Leticia Fagundes ‘É inimaginável um servidor público ser agredido no seu trabalho..”
Vereadora Maria Leticia afirma que a vítima de violência nunca é culpada