Maria Letícia tem projeto dos canudos aprovado em primeiro turno na Câmara

MASSA NEWS

Foi aprovado em primeiro turno, nesta terça-feira (23), o projeto que tem o objetivo de incentivar os estabelecimentos de Curitiba a substituírem os canudos plástico por alternativas menos prejudiciais ao meio ambiente. Para se tornar lei, a proposta precisa passar por uma segunda votação na Câmara Municipal (CMC) e pela sanção da Prefeitura.

O projeto permite identificar com um selo os bares e restaurantes preocupados com a sustentabilidade. A marca de ‘Consciência Coletiva’ será concedida aos estabelecimentos que oferecem alternativas “por produtos menos poluentes, preferencialmente reutilizáveis ou biodegradáveis, que estejam em conformidade com as boas práticas socioambientais e sanitárias”. O projeto é da vereadora Maria Letícia Fagundes (PV).

No decorrer das discussões, o projeto foi passando por alterações. No início, a ideia era multar aplicar multas de R$ 2 mil aos locais que insistissem no uso do plástico. A punição foi substituída pelo incentivo.

Maria Letícia esclarece que em muitos casos as leis punitivas não funcionam, por isso optou por proposta que busca gerar consciência na sociedade. "Vai premiar estabelecimentos que se alinhem com a sustentabilidade", disse em plenário.

Segundo estimativas da ONU, são gerados aproximadamente 13 milhões de toneladas de lixo plástico todos os anos.

Notícias relacionadas

Maria Letícia tem projeto dos canudos aprovado em primeiro turno na Câmara
Maria Letícia tem projeto dos canudos aprovado em unanimidade na Câmara
Maria Letícia tem projeto dos canudos aprovado em primeiro turno na Câmara