Palestra “Queremos todas vivas” debate a violência contra mulher e o feminicídio em União da Vitória

União da Vitória é a próxima cidade do estado a receber a palestra “Queremos todas vivas, o feminicídio pelo olhar de uma médica-legista”. O evento com entrada gratuita será na terça-feira, dia 19 de julho, às 19h, no Auditório da UNESPAR. A iniciativa faz parte de uma ação da Procuradoria da Mulher de Curitiba com foco em todo o estado do Paraná e, em União da Vitória, tem apoio do Observatório de Violência contra a Mulher de União da Vitória. 

Nos últimos dias, diversos casos envolvendo agressões, assédio sexual, estupro e feminicído tem estampado os jornais brasileiros. Os números são alarmantes: o Brasil é o 5° país que mais mata mulheres no mundo, são ao menos 4 vítimas por dia. Dados de 2021, mensurados por denúncias, revelam que a cada 10 minutos, uma menina ou mulher é estuprada no país. São estatísticas que demonstram a urgência de iniciativas de combate a todos os tipos de violência contra a mulher. 

Para falar desse tema, a Procuradoria da Mulher tem levado a Dra. Maria Leticia Fagundes, médica-legista com 25 anos de experiência no atendimento à vítimas no Instituto Médico Legal (IML) para compartilhar suas experiências, trazer dados, orientar e conscientizar a todos. A ação de conscientização já atingiu mais de 700 pessoas em todo estado. 

“Existe uma escala de violência que inicia muitas vezes com assédio, xingamentos, agressividade e vai aumentando até infelizmente chegar no pior e irreversível estágio, o feminicídio. Precisamos falar abertamente sobre isso para que esse crime, que é evitável, não aconteça e mais mulheres saibam identificar sinais de perigo”. 

O evento “Queremos Todas Vivas” é gratuito e aberto a toda comunidade. Para quem participar, haverá entrega de certificados. As vagas são limitadas e os interessados devem fazer sua inscrição antecipada pelo link: https://bit.ly/qtvuniaodavitoria

Este texto é uma reprodução da matéria veiculada no site: https://colmeia.am.br/palestra-queremos-todas-vivas-debate-a-violencia-contra-mulher-e-o-feminicidio-em-uniao-da-vitoria/

Notícias relacionadas

Palestra “Queremos todas vivas” leva o debate contra o feminicídio para três cidades do sudoeste do Paraná
Sebisa realiza evento sobre a violência contra a mulher
Teatro Reviver Magó recebe evento “Queremos todas vivas”