Projeto da Vereadora Maria Leticia aguarda análise em plenário

Aguarda análise em primeiro turno, pelo plenário da Câmara de Curitiba, o projeto de lei da vereadora Maria Leticia Fagundes (PV), que prioriza crianças crianças filhas de vítimas de violência doméstica no preenchimento de vagas em centros municipais de educação infantil (CMEI) e em escolas municipais (005.00033.2017).

O parecer favorável à matéria, emitido por Geovane Fernandes (PTB), foi acatado nesta quarta-feira (19), em reunião da Comissão de Educação, Cultura e Turismo. Na justificativa da matéria, Maria Leticia afirma que muitas das mulheres que sofreram violência doméstica, seja física ou sexual, ficam impedidas de buscar uma colocação no mercado de trabalho, o que as impede de se tornar independentes do agressor, “porque não têm como deixar seus filhos menores sozinhos em casa enquanto trabalham”.

Caso aprovada a lei e sancionada pelo prefeito, também será garantida a transferência de um CMEI ou escola para outra, dentro da esfera municipal, de acordo com a necessidade de mudança de endereço da mãe, com o objetivo de garantir a segurança da mulheres e dos filhos.

Câmara Municipal de Curitiba

Texto: Claudia Krüger

Revisão: Filipi Oliveira

Foto: Chico Camargo/CMC

 

Notícias relacionadas

Projeto em discussão sobre Marielle Franco vira uma aula de violência política contra mulher
Projeto de arborização em estacionamentos avança na Câmara Municipal
Projeto de Lei que combate à pobreza menstrual é aprovado em Curitiba