Projeto de lei sobre desuso de canudos e copos plásticos é destaque no Parana Portal

Paraná Portal

O projeto de lei que previa a proibição do uso de canudos plásticos em Curitiba precisou passar por uma readequação na Câmara Municipal. Um texto substitutivo foi apresentado pela vereadora Maria Letícia Fagundes (PV), autora da proposta inicial.

O novo projeto propõe apenas a criação de uma “política pública de incentivo ao desuso de canudos e copos plásticos descartáveis” na capital, ao contrário do anterior, que previa multas entre R$ 2 mil e R$ 10 mil para os estabelecimentos que mantivessem a utilização do acessório plástico. Segundo o texto, a substituição foi adotada depois de um “aprofundamento do estudo do impacto sócio-comercial do projeto anteriormente apresentado”.

A vereadora afirma que fez uma análise da experiência em outras cidades que já adotaram medidas parecidas e que optou pela mudança por medo de que a lei tivesse o efeito inverso. “Na cidade do Rio de Janeiro, quando foi proibido, o pessoal, ao invés de usar canudo, começou a usar copo. O que é muito pior. O copo plástico vai poluir o ambiente da mesma forma”, disse. “O ideal é que as pessoas criem a consciência da responsabilidade individual de cada um. Igual separar lixo em casa. A gente tem que ter essa consciência”.

O novo texto prevê ainda a criação de um selo chamado “Consciência Coletiva”, que seria cedido aos estabelecimentos que adotarem práticas sustentáveis. “Isso vai indicar restaurantes, bares, entre outros, que já tenham aderido a esse movimento. É uma coisa que tem que contar muito com a consciência das pessoas”.

 

Na época em que o projeto foi anunciado, a associação e o sindicato que representam os estabelecimentos gastronômicos da cidade se posicionaram contra a proposta. O presidente do SindiAbrabar, Fabio Aguayo, recebeu a mudança de forma positiva.

Ele destaca que o ideal é buscar a conscientização da sociedade em geral. “Temos que trabalhar a consciência do ser humano. Descarte correto, recolhimento correto. Na temporada, mais de 1,5 tonelada de lixo foi descartada de forma incorreta. Temos que trabalhar o lixo da forma correta”, disse. “Se a gente não trabalhar isso, pode ter 200 leis para multar e não vai adiantar nada. A gente tem que trabalhar prevenção”.

Notícias relacionadas

Maria Leticia fala à Band News FM Curitiba sobre o incentivo ao desuso de canudos e copos plásticos.
Maria Leticia tem projeto dos canudos colocado para votação nesta semana
Maria Letícia apresenta projeto que bane o uso de canudos plásticos