“Quero ser a voz dos médicos na Câmara de Curitiba”, afirma vereadora Maria Leticia no Sindicato dos Médicos do Paraná

A vereadora Maria Leticia Fagundes (PV) declarou que quer ser a porta voz dos médicos na Câmara Municipal de Curitiba e que seu gabinete está à disposição do Sindicato dos Médicos do Estado do Paraná – Simepar e de toda classe médica. A afirmação foi feita durante visita da médica legista do Instituto Médico Legal do Paraná (IML-PR) à sede do Simpear, na última segunda-feira (06). A parlamentar foi recepcionada pelo presidente, dr Mario Antonio Ferrari, especialista em Medicina do Trabalho e Psiquiatria; pela secretária geral, dra. Claudia Paola Carrasco Aguilar, especialista em Medicina de família e comunidade e Psiquiatria; e pelo primeiro secretário, dr. Fausto Rohnelt, especialista em Medicina interna.

Na reunião, a vereadora solicitou a contribuição do Simepar na troca de informações sobre a realidade vivida pelos médicos no sistema público de saúde de Curitiba. “Sou a única médica entre os 38 parlamentares, e saúde e segurança são as causas mobilizadoras do meu mandato, trata-se da continuidade da minha história de vida”, salientou Maria Leticia. 

Ela também recebeu uma pauta de reivindicações referentes à peleja por cargos e salários dos contratados pela Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba – Feaes, que integra a estrutura da administração indireta do Município de Curitiba e apresenta a natureza de uma fundação pública. Os colaboradores da Feaes são contratados mediante a aprovação por processo seletivo conforme determina a Constituição Federal, sendo suas relações de emprego regidas pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

 

*Assessoria vereadora Maria Leticia Fagundes com informações site FEAES

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia opina sobre mulheres, medicina e política
Vereadora Maria Leticia articula fim da greve dos médicos da FEAES
Médica e vereadora, Maria Leticia Fagundes se posiciona contra abertura de novas escolas médicas