Racistas Não Merecem Homenagens

O ano de 2020 está sendo marcado por diferentes manifestações contra o racismo no Brasil e no mundo, em torno de visibilidade, memória, reconhecimento, reparação histórica e identidade.
Sabe-se que a história da presença negra é, muitas vezes, esquecida, invisibilizada e embranquecida nos municípios brasileiros e Curitiba não é exceção nesse sentido. A reparação histórica com a população negra é urgente e precisa acontecer!

Não podemos aceitar uma cidade onde haja homenagens em nomes de ruas, praças, grandes avenidas, bustos e monumentos, para pessoas que enriqueceram com o comércio de escravos e pessoas que têm o racismo em seu registro histórico.

Para tratar de visibilidade e contextualização histórica da presença negra na cidade, a Dra Rita Oliveira, Defensora Pública da União, nos sugeriu a proposta de criação de uma Comissão, que deve contar com vereadoras (es), historiadoras (es), juristas, pesquisadoras (es) e sociedade civil, para que haja um estudo e mapeamento destes lugares e uma reparação respeitosa que a população negra merece. Ideia acatada, protocolamos na Câmara Municipal o projeto.

Agora, esperamos pela tramitação, até a proposta ir à votação. Contamos com o apoio de todas e todos. #vidasnegrasimportam

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia participa de evento do Dia da Consciência Negra
AUDIÊNCIA PÚBLICA DEBATE IGUALDADE RACIAL EM CURITIBA
Maria Letícia debaterá questões de Igualdade Racial em Audiência Pública