Vai ter textão – Covid19: Precisamos falar sobre subnotificação

Todas (os) nós sabemos que em Curitiba, assim como na grande maioria das cidades do país, só estão passando pelos testes de Covid19, pessoas que já se encontram com caso clínico sintomático e avançado.

Mas de quanto é a distorção da realidade? O próprio Ministério da Saúde afirma que não há como saber exatamente quantas pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus no país. Como não há testagem em massa, boa parte dos portadores assintomáticos ou com sintomas leves não chega a ser testada.

Estudos recentes realizados por pesquisadoras (es) brasileiras (os) e divulgados pelo site Covid19 – Brasil, apontam que o número pode ser 14 ou 15 vezes maior do que tem sido divulgado por órgãos oficiais.

Em Curitiba, por exemplo, controlando todo dia os diários oficiais do município – que são onde ficam registradas todas as compras que a Prefeitura faz – analisei que somente na data de 22 de abril, foram comprados R$26 mil em testes, adquiridos da empresa EcoDiagnóstica. Então eu liguei pra conferir e os testes custam aproximadamente R$130 reais. Em matemática simples, podemos ver que Curitiba comprou apenas 200 testes desde que a pandemia começou.

Não só como médica, mas como cidadã e agente política, acho a situação grave e preocupante. Por isso encaminhei em abril, pedido de informações oficiais ao município, para que expliquem como tem testado as curitibanas e curitibanos. Se o Governo Federal mandou algum lotes de teste, nós também queremos transparência na gestão: quantos são e quantos ainda existem?

Mais preocupante ainda, é que nas redes sociais do prefeito Rafael Greca, vimos que ele exibe orgulhoso uma foto anunciando a reabertura de um famoso restaurante da cidade.
Prefeito, sinceramente, não dá para haver relaxamento da quarentena, se não há controle exato do número de infectados e da curva de crescimento da pandemia.

Para já, o pedido da Organização Mundial da Saúde deve prevalecer: se puder, fique em casa.
Aproveito para complementar que: se tiver que ir, vá de bicicleta.

#mandatomarialeticia

Notícias relacionadas

Pandemia: Precisamos Ficar Atentas (os) ao Número de Mortes por Síndrome Respiratória Aguda
Maria Leticia participa de Fala Curitiba no CIC
Vereadora Maria Leticia participa de curso sobre violência no ICS