Vereadora Maria Leticia apresenta alternativa para fim do assédio nos ônibus

“Estou preocupada com as mulheres em Curitiba”,afirmou a vereadora Maria Leticia Fagundes (PV)em reunião com o presidente da Urbanização de Curitiba S/A (URBS), Ogeny Pedro Maia Neto, nesta quinta-feira (26). A motivação da visita da parlamentar, foi a apresentação de uma  proposta que dispõe de espaço preferencial às mulheres nos biarticulados, em razão dos frequentes assédios sexuais.

“O problema tem que ser enfrentado de alguma forma“, disse Maria Leticia. Ela apresentou uma pesquisa realizada pelos colaboradores do mandato com mil pessoas entre homens e mulheres no mês de setembro. A vereadora alertou que existe assédio diariamente nos ônibus de Curitiba, especialmente nos biarticulados, de acordo com a pesquisa, e que a maior frequência de assédios ocorre entre as 6 e 9h da manhã (32%) e  19 e 22h (20,1%).

Outro dado relevante é que menos de 1% dos casos as mulheres denunciaram. “As reações são diversas como permanecerem caladas, se afastarem, sentindo medo, raiva e até mesmo culpa”, destacou.

O presidente da URBS apoiou a iniciativa e afirmou que pretende realizar ações em conjunto, pois  “representam o melhor caminho”. Ele relatou ainda que a segurança é “primordial”.  “A falta de segurança instabiliza o sistema e afasta as pessoas do transporte coletivo”, pontuou. No final do encontro foi ajustado que o apoio da URBS será formalizado. Também participou da reunião Amilton Daemme ( Área de Fiscalização do Transporte Coletivo).

 

Galeria

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia propõe espaço preferencial para mulheres nos biarticulados
Vereadora propõe espaço preferencial para mulheres em ônibus de Curitiba
Vereadora Maria Leticia avança em projeto contra assédio sexual