Vereadora Maria Leticia Fagundes, líder do PV na Câmara de Curitiba, protesta contra redução dos limites da Escarpa Devoniana

A vereadora Maria Leticia Fagundes, líder do Partido Verde na Câmara Municipal de Curitiba, votou a favor da moção de repúdio e protesto ao projeto de lei que reduz os limites da Área de Proteção Ambiental da Escarpa Devoniana, em tramitação na Assembleia Legislativa do Paraná. O documento, apresentado pelo vereador Goura (PDT) e assinado por mais 27 vereadores, foi acatado em plenário nesta segunda-feira (20), na Câmara Municipal (060.00002.2017). 

“Privilegiar o poder econômico em detrimento de todos nós não tem justificativa”, protestou a vereadora Maria Leticia Fagundes (PV), que na semana passada já havia se manifestado sobre o assunto (veja mais). “A área de proteção já é pequena, mas como a região produz soja e gado, foi muito valorizada”, disse

O projeto de lei 527/2016, de autoria dos deputados Ademar Traiano (PSDB), Luiz Claudio Romanelli (PSB) e Plauto Miró Guimarães (DEM), diminui a área ambiental protegida, que abrange doze município da região dos Campos Gerais. “Temos um histórico de ausência de política ambiental. Durante 100 anos, reduzimos para menos de 5% a cobertura vegetal que tínhamos. É um contrassenso, em pleno século 21, não termos a conciliação do setor produtivo com as políticas de preservação”, lamentou o vereador Goura. 

Foto: Chico Camargo 

Texto: Câmara Municipal de Curitiba

Edição: Assessoria vereadora Maria Leticia Fagundes 

Notícias relacionadas

Projeto de arborização em estacionamentos avança na Câmara Municipal
Projeto de Lei que combate à pobreza menstrual é aprovado em Curitiba
Projeto da vereadora Maria Leticia pró deficientes visuais avança na Câmara