Vereadora Maria Leticia promove palestra sobre mulheres na política, com dra Desiree Salgado

A convite da vereadora Maria Leticia Fagundes (PV), a professora  e doutora em Direito, Eneida Desiree Salgado, palestrou no evento "Mulheres na Política"organizado pela Fundação Verde Herbert Daniel, na tarde deste sábado (16).

Na ocasião, Maria Leticia, que é a primeira vereadora eleita pelo Partido Verde na Câmara Municipal de Curitiba, externou o desejo pela participação feminina na política. "O meu desejo é que as mulheres invadam o Partido Verde, vamos continuar essa caminhada com mais encontros no interior", saudou a vereadora.

A professora iniciou a palestra esclarecendo às dezenas de mulheres que a atuação na política pode ser descomplicada. "Não é necessário ter vivido histórias comoventes para atuar na política, basta que a mulher apareça em igualdade", disse. 

Ela considerou ainda a "violência política" , a qual ocorre na pequena representatividade feminina nos diretórios partidários e continua na discriminação sofrida pelas mulheres quando se colocam na posição de pessoas públicas. 

"Se a mulher está pedindo voto, as pessoas se sentem à vontade de pedir qualquer coisa em troca. Com homens essa abertura é menor,  portanto, é hora de mudar a percepção", destacou. 

Ela também criticou a falta de cursos de formação política para mulheres com intuito de promover a paridade entre os gêneros. 

"Homens dizem que não tem mulher que queira ou capaz, isso é mentira. A gente tem que se sentir à vontade para entrar na política", disse a professora ao se referir à falta de espaço das mulheres nos partidos políticos. 

A vereadora Maria Leticia questionou a professora em relação ao baixo envolvimento de mulheres jovens com a política. "A política está nas universidades, elas criticam mas nao  vem para os movimentos, qual seria a causa ?"

A professora pontuou que o espaço que as mulheres têm nos movimentos sociais, não temnos partidos políticos. "Os partidos colocam obstáculos para participação, pois são machistas", disse a professora. "Se os partidos se democratizarem, podem garantir paridade entre os gêneros", complementou. 

A deputada federal Leandre Dal Ponte também contou o início de sua trajetória política e incentivou as mulheres a participarem de qualquer tipo de liderança. 

"Sou uma gota no oceano nesse mundo político. Por isso quero convidar a todos de se tiverem a chance de estar à frente de alguma coisa, encare. Não duvidem da capacidade de vocês", co

Também contribuiu no debate, o assessor de comunicação da Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, Gerson Scheid,que apresentou o cenário político em relação às mulheres no Brasil. 

 

Galeria

Notícias relacionadas

Teatro Reviver Magó recebe evento “Queremos todas vivas”
Maria Leticia pede arquivamento do processo contra Renato Freitas 
Derrubada de veto presidencial, decreto federal e política pública aprovada em Curitiba: como a Semana da Mulher reuniu avanços contra a pobreza menstrual no Brasil