Vereadora Maria Leticia provoca debate sobre violência contra a mulher e PEC 181

“No ano passado, a lei Maria da Penha completou 10 anos e, desde então, uma mulher a cada duas horas foi assassinada no Brasil”, disse a vereadora Maria Leticia Fagundes (PV), que ocupou o horário do grande expediente da sessão plenária desta segunda-feira (13), na Câmara de Curitiba, e também comentou sobre a PEC 181, aprovada numa comissão especial e que deve seguir a plenário na Câmara dos Deputados. A medida criminaliza o aborto realizado em função de estupro.

“O que os números não mostram é que existe uma naturalização de certos comportamentos. Nos últimos dois meses, em Curitiba, foram atendidos dois casos de estupro causados por taxistas e um desses casos foi atendido por mim”. Pensando em situações como essa, a vereadora apresentou um projeto que cria um espaço reservado para as mulheres nos ônibus biarticulados (005.00354.2017). “E já comecei a apanhar por causa disso”. “Política para mulheres é uma questão de fala entre a gestão e a sociedade civil”, entende a vereadora.

De acordo com Maria Leticia, o movimento feminista surgiu no Brasil durante a década de 70 e se fortaleceu nos dez anos seguintes. Na década de 80, foram criados os Conselhos Estaduais da Condição Feminina. Em 2003, a Delegacia de Política e Defesa da Mulher; a Secretaria Nacional de Política para Mulheres; em, 2006 a Lei Maria da Penha; e em 2015, a Lei do Feminicídio. “Como ainda não temos política para as mulheres em Curitiba?”, perguntou Maria Leticia que mostrou seu projeto para uma política para as mulheres na cidade de Curitiba.

A vereadora informou que as oito vereadoras da Casa assinaram uma emenda para destinar recursos para a política para as mulheres. “Também estou buscando apoio para uma emenda em prol da Casa da Mulher Brasileira e, acreditem, homens e mulheres estão participando”. A vereadora lembrou que hoje (13), às 18h30, na praça 19 de Dezembro (“praça da Mulher Nua”), irá acontecer uma manifestação contra os últimos eventos envolvendo a PEC 181.

Texto:         João Cândido Martins
Revisão:         Claudia Krüger.

Foto: Rodrigo Fonseca CMC

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia recebe visita de taxistas na Câmara de Curitiba
Vereadora propõe espaço preferencial para mulheres em ônibus de Curitiba
Vereadora fala sobre reserva vagas para mulheres no legislativo (PEC 134)