Vereadora Maria Leticia questiona atendimento de vítimas de violência pela Cohab

A vereadora Maria Leticia Fagundes se reuniu com o presidente da Companhia de Habitação Popular de Curitiba – Cohab, José Lupion Neto, nesta quarta-feira (22). O motivo da visita da parlamentar foi a possibilidade de oportunizar condições de moradia às mulheres vítimas de violência. Recentemente ela esteve na Unidade de Acolhimento Institucional Casa de Maria e observou a necessidade, considerando a existência de imóveis retomados pela Cohab.
“As vítimas de violência passam por diversas fases muito delicadas até a reestruturação psicológica, emocional e social, portando precisam de amparo e incentivo”, destacou Maria Leticia.

Na Cohab, ela questionou os detalhes do projeto de Atendimento Habitacional às Mulheres Vítimas de Violência. A ideia é proporcionar solução de moradia temporária, em caráter emergencial de mulheres abrigadas na Unidade de Acolhimento Institucional Casa de Maria. De acordo com a equipe que acompanhou o presidente, a proposta é atender a população com locação subsidiada ou cessão não onerosa em imóveis desocupados e com trâmite judiciário.

O fluxo de atendimento ocorre a partir de solicitação da Casa de Maria à Cohab para que as mulheres vítimas de violência que permanecem no local por mais de três meses, sem possibilidade de retorno à família.

Após, a solicitação passa por aprovação da Diretoria e em seguida verificação de disponibilidade do imóvel. Se tudo correr dessa forma e a família aceitar, é feito contrato e entrega das chaves. Com aprovação na modalidade não onerosa, a família fica isenta do pagamento de aluguel, responsável somente pelo pagamento das taxas de condomínio, água, energia elétrica, entre outros. Em seguida, o protocolo segue para o departamento de Serviço Social, que passa a acompanhar e avaliar socialmente a família.

 

Galeria

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia se reúne com defensora pública Josiane Fruet Lupion
Vereadora Maria Leticia Fagundes – propõe ônibus de graça para mulheres vítimas de violência doméstica
Vereadora Maria Leticia visita unidade de acolhimento Casa de Maria