Vereadora Maria Leticia reúne Delegacia da Mulher e direção do Hospital do Trabalhador

A vereadora Maria Leticia Fagundes (PV) dedica o primeiro mandato na busca de soluções de proteção às vítimas de violência doméstica. Ela é médica legista do Instituto Médico Legal do Paraná (IML) há mais de 20 anos e reuniu na tarde desta segunda-feira (28), a direção do Hospital do Trabalhador e da Delegacia da Mulher do Paraná, para debater alternativas que garantam mais comunicação e eficiência dos procedimentos.

“O objetivo é abrir essa conversa para trabalharmos juntos em favor das vítimas de violência”, destacou Maria Leticia, que é presidente da Comissão de Saúde, Bem Estar Social e Esporte da Câmara Municipal de Curitiba.

A diretora técnica do Hospital do Trabalhador, Dra Marcia  Krajden, recepcionou a vereadora Maria Leticia e a delegada Sâmia Coser, além de convidar para reunião as chefes de departamentos que podem contribuir positivamente para as ações que objetivam a otimização do enfrentamento à violência contra a mulher. Participaram da conversa , a coordenadora de Serviço Social, Ariete Oliveira; a gerente da Unidade de Urgência  e Emergência, Eveli Laurientini; a secretária geral, Andrea Molinari; e a gerente de hotelaria e higienização, Silvana Pagani.

A delegada apresentou algumas dificuldades que podem ser superadas com a padronização pré-determinada pela direção do HT, como a possibilidade da disponibilização de impressão do depoimento da vítima por equipamentos do hospital e a permissão de um espaço para oitiva da vítima, se a mesma estiver em condições. “Se não ouvirmos a vítima, não há fundamento para deixar o agressor preso, e também não podemos solicitar medida protetiva sem autorização dela”, justificou a delegada.

Em resposta, a diretora-técnica explicou que “tem que preservar o nível de segurança das informações do HT”, especialmente por casos de extorsão de familiares, entre outros motivos. No final da reunião, ficou definido que será estabelecido um canal de comunicação e a disponibilização dos equipamentos  espaços necessários para execução do trabalho da polícia e melhor atendimento às vítimas.

 

Galeria

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia Fagundes – propõe ônibus de graça para mulheres vítimas de violência doméstica
Vereadora Maria Leticia afirma que a vítima de violência nunca é culpada
Maria Letícia participa de reunião na Casa da Mulher Brasileira