Volta às aulas com segurança

Maria Leticia nesta quinta-feira (14/01), com a participação do Professor e Pediatra Rubens Cat. O retorno do calendário escolar na rede pública e parte da rede privada de Curitiba está previsto para o dia 18 de fevereiro.

De acordo com Rubens, que também é chefe do Departamento de Pediatria do Hospital de Clínicas, tanto a rede privada quanto a pública estão capacitadas a atender aos protocolos estabelecidos.

“O local mais seguro que existe em todo o mundo são escolas com os protocolos de segurança, porque se trabalha com crianças que são pouco transmissoras e ficam pouco doentes” afirma o pediatra.

A principal ação de segurança a ser seguida é o distanciamento social. É necessário manter uma criança afastada da outra por 1,5 a 2m. Nas escolas em que o espaço é limitado, a solução é o sistema de rodízio, em que a criança frequenta a escola por uma semana, e fica em casa na outra, com atividades complementares. Outro importante protocolo é o uso de máscaras, obrigatória para crianças acima de 2 anos, sendo que, de 2 a 5 anos, é exigido uma supervisão contínua. 

Um dos principais fatores de descrença dos pais quanto à segurança do retorno é a disseminação de notícias associada à desinformação. Quando questionado, por exemplo, sobre abrir as escolas enquanto outros países, como a Inglaterra, estão fechado, Rubens Cat esclareceu: “A Inglaterra só fechou as escolas agora como último recurso, quando tudo já estava fechado. Enquanto aqui no Brasil foi feito o inverso, fecharam as escolas enquanto o comércio e bares foram abertos. As escolas são essenciais.”

Veja o debate na íntegra, no Instagram da vereadora Maria Leticia:

https://www.instagram.com/maria.leticiaf/

Notícias relacionadas

Vereadora Maria Leticia pede sinalização na Escola Municipal Miguel Krug, no Portão
Maria Letícia promove audiência pública “Conscientização da Epilepsia”
Vereadora Maria Leticia relata 4 projetos de lei na presidência da Comissão de Saúde